Posts Destacados
Posts Recentes
Siga
  • Facebook Long Shadow
  • Google+ Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow
Procure por Tags

III Congresso Acadêmico UNIFESP - 30/5 a 2/6/2017

Trabalhos a serem apresentados:

1- Mapeamento digital de Santos e Guarujá/SP a partir de imagens sensoriais de satélites e fotografias aéreas

Alunos: Bruno Lopes Soares (bolsista PIBIT) e Tomas Tafuri Rebequi.

Resumo (Bruno Lopes Soares):

MAPEAMENTO DIGITAL DE SANTOS E GUARUJÁ/SP A PARTIR DE IMAGENS SENSORIAIS DE SATÉLITES E FOTOGRAFIAS AÉREAS

A Baixada Santista apresenta-se como a terceira região mais populosa do Estado de São Paulo, localizada em uma Zona Costeira que possui conflitos de interesses entre atividades como a do porto de Santos, setor imobiliário e turismo local - junto à presença do Complexo Estuarino de Santos e de biomas como manguezais e Mata Atlântica. Com o objetivo de mapear o uso da Terra e a supressão da cobertura vegetal da porção central da Baixada Santista para o levantamento de informações socioterritoriais, utilizaram-se ferramentas do geoprocessamento incluindo Sistemas de Informação Geográfica (SIG) a partir de imagens de satélites LANDSAT entre os anos 2000 e 2016, no ambiente computacional do sistema SPRING. Cumpriram-se as etapas de manipulação de contraste, composição colorida, segmentação, classificação e mapeamento. Foram identificadas e comparadas as características de como o processo de ocupação territorial local ocorre, destacando-se o pouco espaço físico disponível na região insular de Santos, a presença de moradias irregulares em São Vicente, elevado crescimento populacional em Praia Grande, conflitos entre as atividades locais, como as indústrias de Cubatão, o Porto de Santos além da relação do crescimento da malha urbana e supressão da vegetação com a presença de grandes empreendimentos na região. Ambos estes elementos do planejamento urbano merecem destaque para um planejamento de planos urbanos municipais mais sustentáveis.

Slides.

Poster.

Resumo (Tomas Tafuri Rebequi):

MAPEAMENTO DIGITAL DE SANTOS E GUARUJÁ/SP A PARTIR DE IMAGENS SENSORIAIS DE SATÉLITES E FOTOGRAFIAS AÉREAS

O litoral centro de São Paulo está inserido em um contexto físico, onde condicionantes ambientais associados aos grandes empreendimentos, juntos aos processos costeiros representam relevante interesse científico, econômico e social. Nesse sentido este projeto contribui diretamente na execução de etapas do mapeamento cartográfico digital em ordem de gerar mapas temáticos na escala 1/2.000 e 1/1.000. Foram realizados processamentos especializados com base em mosaico de fotografias aéreas métricas (ano 2014) e imagens Landsat8, no ambiente de Sistemas de Informação Geográfica (SIG), em especial os sistemas computacionais SPRING e QuantumGIS. Encontra-se em desenvolvimento também o processamento de dados GPS, bem como gerado um banco de dados de forma a possibilitar a carga, armazenamento e recuperação/consulta de informações referentes aos municípios, a saber áreas urbanas, cobertura vegetal, solo exposto, praias arenosas e outros. A metodologia se apóia em utilizar geotecnologias, em fases distintas: georreferenciamento de imagens, aplicação de técnicas de realce para alcance de melhor contraste, geração de composições coloridas, segmentação, aquisição de amostras de padrões de uso da Terra e cobertura vegetal, equalização e classificação supervisionada. Os resultados esperados e alcançados se concretizam na formação para capacitação, leitura e interpretação de documentos cartográficos, bem como disponibilização de material cartográfico de forma a auxiliar outros projetos acadêmicos e técnicos, além de suporte à gestão territorial e ao mapeamento regional e local das zonas costeiras em estudo.

Slides.

Poster.

2- Geotecnologias aplicadas ao mapeamento digital do litoral sul de São Paulo e suas aplicações em morfodinâmica de praias arenosas e campos de dunas

Aluno: Vinícius Megale Silva (bolsista PIBIC).

Resumo: o tema de morfodinâmica de praias arenosas e campos de dunas está em desenvolvimento com suporte do projeto de pesquisa financiado pelo CNPq,liderado pela Universidade Federal do Paraná, UFPR. O objetivo é investigar sobre os fenômenos dos processos costeiros em curso e elaborar mapas do litoral sul de São Paulo capazes de revelar avanços da erosão e da progradação marinhas, em particular no município de Ilha Comprida. Esses mapas possuem como base nos receptores GPS para aquisição de dados de posicionamento da linha de vegetação na praia no campo e permitir orientação espacial e navegação. O seguinte equipamento foi empregado: Altus APS-3 (L1/L2) e utiliza-se os sistemas Spring e QuantumGIS no tratamento posterior. Uma vez dominados os instrumentos de trabalho, foram selecionados alguns dados que foram utilizado no campo, no sentido de análises espaciais. Isto é, foram elaborados mapas que indicam o avanço da erosão e progradação nesse município em comparações a cenários de anos anteriores (fotos aéreas de 1954, 2000 e 2010). Posteriormente, os dados por receptores GPS são também processados no sistema Spring gerando produtos que colaboram para estimar a repercussão sobre a paisagem local e impactos sócio-econômicos, técnico-científicos e ambientais nesse recorte do litoral sul de São Paulo.

Slides.

Poster.

3- Sentinelas das Praias

Aluno: Henrique Cardoso Köpke de Vasconcellos Machado.

Resumo: Este é um projeto de extensão do Departamento de Ciências do Mar da UNIFESP, campus Baixada Santista, que teve início em 2015, com duração de 2 anos. O projeto consiste em desenvolver atividades contínuas acadêmicas de extensão de caráter educativo, social, cultural, científico e tecnológico, no suporte às atividades de ensino de ciências da Terra, com ênfase em Geomorfologia Costeira e Marinha associada a praias arenosas dos municípios de Santos, São Vicente e Guarujá-SP, viabilizando indiretamente a relação transformadora entre a universidade pública e a sociedade, na perspectiva interdisciplinar.

Slides.

Poster.

4- Ciências da Terra e Museu de Ciências Naturais Joias da Natureza

Alunas: Nathalia Alves e Victoria Rezende.

Resumo (Nathalia Alves):

Resumo (Victoria Rezende):

5- Produção Midiática em Ciências da Terra com Ênfase no Mar

Aluno: Rafael de Carvalho Marchesin.

Resumo: tal projeto consiste no desenvolvimento de atividades acadêmicas de extensão de caráter educativo, social, cultural, científico e tecnológico, caraterizadas pela produção midiática no suporte às atividades de ensino de ciências da Terra, com ênfase no Mar. São atividades extensionistas envolvendo produção, intercâmbio de informações, visitações técnicas e registros fotográficos acompanhados de filmagens em campo de aspectos morfodinâmicos do nosso planeta, com desdobramentos na geração de material didático marcado pela vivência com fenômenos naturais, antropogênicos e a sociedade local na Ilha Comprida, litoral sul do estado de São Paulo.

Slides.

Poster.

© 2014 por GILBERTO P. RIBEIRO. Criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now