Posts Destacados
Posts Recentes
Siga
  • Facebook Long Shadow
  • Google+ Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow
Procure por Tags

Sítio Moraes, uma biografia não autorizada: análise do processo de formação de um sambaqui fluvial

Sítio Moraes, uma biografia não autorizada: análise do processo de formação de um sambaqui fluvial - tese de Doutorado de Cláudia Regina Plens.

Resumo:

Pesquisas recentes apontam para o fenômeno construtivo de sambaquis fluviais na região do médio Vale do Ribeira de Iguape, São Paulo, mais precisamente em três regiões, Itaoca, bacia do rio Jacupiranguinha e bacia do Juquiá, durante, pelo menos, o período de 9000 anos. O presente trabalho tem por objetivo definir o perfil de um sambaqui fluvial, sítio Moraes (6000-4000 anos a.P.), no município de Miracatu, SP, com a finalidade de criar a compreensão intra-sítio dos processos formativos envolvidos para a elevação desta estrutura monticular, através de diferentes abordagens: distribuição espacial intra-sítio, tecnologia, subsistência, isótopos estáveis, estudo sedimentológico e análise de proporção componencial volumétrico. Os resultados destas análises associados aos dados advindos de outras pesquisas nos permitiram ampliar a discussão sobre o processo formativo do sítio Moraes e abordar a questão sobre as relações genética e cultural entre sambaquieiros fluviais e os demais grupos vizinhos.

© 2014 por GILBERTO P. RIBEIRO. Criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now